Home / Entretenimento / Cultura / Lazer / Setur promove aulas de História para visitantes da Flica
Foto: Tatiana Azeviche

Setur promove aulas de História para visitantes da Flica

O turista que visitar a 8ª edição da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), de quinta-feira (11) a domingo (14), pode aproveitar para conhecer mais sobre edifícios e monumentos históricos da cidade situada no Recôncavo Baiano (a 110 quilômetros de Salvador). O projeto Núcleo do Conhecimento, em implantação pela Secretaria do Turismo da Bahia (Setur), promoverá aulas, seguidas de roteiro com guia pela região central da cidade.

O objetivo é incrementar o receptivo turístico, oferecendo conteúdo mais qualificado dos fatos históricos do local. “A ideia é nos aproximarmos do universo acadêmico proposto pela Flica e, ao mesmo tempo, mostrar que Cachoeira reúne história, cultura e tradições que muitas vezes passam despercebidos pelos turistas”, afirma o secretário estadual do Turismo, José Alves.

As aulas terão duração de 40 minutos e serão ministradas pelos historiadores Cacá Nascimento e Fábio Abelha, de quinta a sábado, numa sala da Casa do Governo/Fundação Hansen Bahia.  Em seguida, os participantes serão conduzidos por um roteiro que inclui cinco edificações históricas: Conjunto do Carmo, Casa da Câmara e Cadeia Pública, Igreja de Nossa Senhora do Rosário, Casa da Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte e Ponte Dom Pedro II.

Pesquisa –  Outra ação da Setur na Flica será uma pesquisa para colher opiniões e sugestões dos turistas sobre o evento e sua estrutura. O objetivo é fundamentar o Núcleo de Conhecimento para contribuir com melhorias para as próximas edições.

Palco de importantes episódios ligados ao processo de Independência do Brasil e da Bahia, Cachoeira é tombada desde 1971 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A cidade preserva rico legado cultural, com destaque para a religião de matriz africana e a gastronomia.

Compartilhe: