Home / Destaque / Nota Premiada Bahia chega ao décimo sorteio mensal
Foto: Reprodução

Nota Premiada Bahia chega ao décimo sorteio mensal

A Nota Premiada Bahia, campanha de cidadania fiscal promovida pelo governo baiano, realiza o 10º sorteio mensal no próximo dia 21. Serão contemplados dez participantes, cada qual com um prêmio de R$ 100 mil. A campanha alcançará, assim, a marca de 101 pessoas contempladas desde fevereiro em toda a Bahia; além dos dez sorteios mensais regulares, houve um prêmio especial de R$ 1 milhão, sorteado em junho.
De acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), responsável pela campanha, já são cerca de 382 mil participantes inscritos no site e aptos a concorrer aos prêmios. Além de estar cadastrado no site, é preciso incluir o CPF nas compras realizadas em estabelecimentos que emitem a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e).
Dos 91 contemplados desde o início da campanha, 62 moram em Salvador e 29 no interior. Entre os fatos curiosos desses primeiros meses da Nota Premiada Bahia, está a premiação para dois moradores de um mesmo bairro de Jequié, o Jequiezinho, e a história da cabeleira de Milagres que foi convencida a inscrever-se na campanha por uma atendente do SAC Móvel, caminhão do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) e acabou contemplada em agosto com um dos prêmios de R$ 100 mil.
Todas as premiações têm como base os resultados da Loteria Federal. Os números dos bilhetes com os quais as pessoas concorrem aos sorteios são divulgados com antecedência no site. Para acompanhar todo o processo, basta acessar a página, fazer o login e, no menu ‘Minha Conta’, escolher a opção ‘Bilhetes’. A busca pode ser filtrada pelo período de emissão da nota fiscal. Os nomes de todos os sorteados podem ser conferidos no site da campanha, junto com parte da numeração do CPF.
Os participantes também compartilham as notas fiscais eletrônicas com 694 instituições beneficentes apoiadas pelo programa Sua Nota é um Show de Solidariedade. Quem se cadastra para concorrer aos sorteios deve indicar até duas instituições, uma da área de saúde e outra da área social.
Compartilhe: