Home / Notícias / Camelódromo na Calçada terá obras iniciadas neste mês
Foto: Jefferson Peixoto/Secom_Pms

Camelódromo na Calçada terá obras iniciadas neste mês

Uma infraestrutura para receber o cliente com conforto e para fomentar ainda mais o comércio informal terá obras iniciadas pela Prefeitura em poucos dias: o camelódromo da Calçada. O espaço destinado aos permissionários municipais será erguido pela Prefeitura ao lado do Bradesco, na Rua Barão de Cotegipe.

De acordo com o titular da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Marcus Passos, o contrato já foi assinado com a empresa que executará os serviços, e a previsão é que as intervenções tenham início na segunda quinzena de novembro. A estimativa é que as obras no local durem três meses.

Serão investidos na estrutura, que facilitará a atuação dos camelôs, aproximadamente R$210 mil. As obras contemplarão a montagem de estrutura metálica e cobertura com telhado isotérmico – material de alta resistência e que evita aparecimento de vazamentos; instalação elétrica com luminárias; desobstrução da rede de esgoto e caixas de drenagem; assentamento de meio-fio e, ainda, a instalação do piso intertravado.

“Trata-se de um espaço que é utilizado há muitos anos para a venda de roupas e acessórios, de forma desordenada, e que foi incluída pela Semop dentro das ações de reordenamento dos espaços públicos. O objetivo é organizar a área e melhorar o aspecto da região, que é caracterizada por um comércio popular forte, dando mais conforto para os comerciantes informais e frequentadores”, pontuou Passos.

Demais mercados – Além do Camelódromo da Calçada, a Prefeitura tem investido, desde 2013, na construção ou requalificação de demais espaços de comércio popular de rua, como mercados e feiras. Um dos equipamentos que passam por intervenção é o Mercado Municipal de Cajazeiras, que está em obras e, ainda este ano, deverá ser entregue com dois novos serviços: a Prefeitura-Bairro Cajazeiras e o Espaço Boca de Brasa.

Depois de anos de reivindicação, o Jardim Cruzeiro ganhará um mercado também este ano, que está sendo erguido na tradicional feirinha do bairro. Com área de 1,1 mil m² e investimento de R$2,5 milhões, a estrutura vai abrigar 25 boxes e 68 barracas para comercialização de produtos diversos, como frutos do mar, carne, cereais, plantas, flores e hortifruti.

Em reforma, o Mercado Municipal de Periperi vai ganhar mais 10 boxes na parte dos fundos para realocar os vendedores de mariscos e peixes que hoje fiam na parte central do mercado. Além disso, haverá a troca da estrutura metálica e recuperação das calhas do telhado e do piso. O investimento é de cerca de R$252,2 mil.

A lista de construções e requalificações também inclui outros nove espaços. São eles: as ruas transversais da Avenida Sete; os novos mercados municipais de Itapuã, da Liberdade, de Água de Meninos e das Flores e do Dois de Julho – estes dois últimos no Centro; a Feira de Castelo Branco e os camelódromos de Cosme de Farias e da Baixa dos Sapateiros.

Compartilhe: