Home / Política / Temer nega crise, diz que continua na articulação e defende governo Dilma
Foto: EBC

Temer nega crise, diz que continua na articulação e defende governo Dilma

O vice-presidente da República, Michel Temer, negou hoje (6) que haja uma crise institucional no governo, rebateu as críticas de que deveria deixar a articulação política e as declarações da oposição de que o governo da presidenta Dilma Rousseff pode terminar antes do fim de seu mandato.

“Fizemos uma análise da conjuntura política e estamos todos muito tranquilos em relação às providências que o governo está tomando. Fizemos essa avaliação conjuntural para revelar que o governo continua tranquilo em relação ao que vem fazendo e ao muito que fará ainda pelo país”, avaliou, após reunião de coordenação política com Dilma e nove ministros.

Segundo Temer, não há crise política no país e a relação entre o governo e o Congresso Nacional é boa, comprovada pela aprovação da maioria das matérias do Executivo enviada ao parlamento, entre elas as medidas do ajuste fiscal.

O vice-presidente comentou os rumores de que denúncias ligadas à Operação Lava Jato e à análise das contas do primeiro governo Dilma levem a tentativas de pedido de impeachment da presidente. Ele disse que a hipótese é “impensável”.

 

Agência Brasil

Compartilhe: