Home / Notícias / Substituições de peças das academias de saúde são feitas em até 24 horas
Foto Elias Dantas/Divulgação

Substituições de peças das academias de saúde são feitas em até 24 horas

Cerca de 50 praças passam, diariamente, por vistorias visuais para viabilizar ações da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), o que mantém a conservação de equipamentos das academias de saúde e musculação. E quando é verificada qualquer necessidade de substituição, o equipamento danificado é trocado num prazo de até 24 horas. Nos espaços da orla, além da inspeção, as estruturas recebem uma aplicação de resina, que ajuda no combate à ação do salitre.
A Desal adquiriu o know-how para fabricar as peças das academias de saúde instaladas em espaços públicos da cidade, o que já acontece com as peças das academias de musculação. Essa medida, além de impactar na redução de custos com os equipamentos, também facilita a conservação, já que as estruturas estão sempre à disposição do órgão. A estimativa é de que sejam investidos cerca de R$ 25 mil por mês na troca dessas estruturas, seja por desgaste, vandalismo ou roubo.
Para o aperfeiçoamento desses espaços, a Desal pretende instalar pisos emborrachados nessas academias. O benefício chegará primeiro às praças Lord Cochrane, na Federação, e Nossa Senhora Assunção, na Pituba, que devem receber a novidade nos próximos dias. A ideia é fazer com que esses espaços de lazer tenham a capacidade de reunir todos os públicos, desde crianças, que contam com os parques e espaços infantis, até adeptos de atividades físicas.
Cobertura total – Graças aos investimentos realizados, 100% dos bairros de Salvador receberam equipamentos de saúde ou lazer nos últimos quatro anos. São, ao todo, 180 praças requalificadas. “Estamos construindo verdadeiros playgrounds para a cidade, que antes só havia em condomínios de luxo. É uma prerrogativa da gestão que seja colocado o mesmo material em todas as praças, tanto as localizadas em bairros de classe média ou em bairros periféricos”, afirma o presidente da Desal, Marcílio Bastos Bastos.
As academias de saúde ao ar livre tem foco principal na terceira idade, mas podem ser usadas por qualquer pessoa. É preciso seguir, sempre que possível, as instruções dos exercícios e os cuidados antes do início das atividades, expostos em placas nos locais onde estão instalados os equipamentos. Essas dicas ajudam as pessoas a entenderem como fazer a atividade de maneira correta, sem riscos para o corpo, diminuindo a possibilidade de danos físicos.
Compartilhe: