Home / Entretenimento / Cultura / Lazer / Sétima Arte emociona estudantes no Festival de Cinema de Salvador
Foto: Reprodução

Sétima Arte emociona estudantes no Festival de Cinema de Salvador

Os olhos atentos e o sorriso tímido não escondiam a emoção da estudante Maria Eduarda Nascimento Alves, 11, 6º ano, de estar, pela primeira vez, em uma sala de cinema. A jovem e mais 131 alunos do Ensino Fundamental, do Colégio Estadual 15 de Novembro, localizado no bairro de São Cristóvão, em Salvador, estiveram, na manhã desta quinta-feira (9), na sala 01 do Cinemark (Salvador Shopping), para assistir ao filme “Kirikou, os homens e mulheres”.

“É um presente que a escola está me dando. Está muito legal e divertido. Eu imaginava que seria grande, mas essa tela é muito maior. Quando as luzes apagaram ficou emocionante. Estava ansiosa por este momento. Estar aqui é uma sensação que eu não sei explicar, mas estou muito feliz”, revela Maria Eduarda.

A ação faz parte do projeto “Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI). Em parceria com a Secretaria da Educação do Estado e a SS Produções, a ação leva, nestas quinta e sexta-feira (9 e 10), cerca de 880 estudantes dos Ensinos Fundamental e Médio da rede pública, de Salvador, para assistirem filmes produzidos pela cineasta, Carla Camurati, exibidos em vários Festivais no Brasil. A proposta é oferecer aos estudantes o acesso ao cinema e a oportunidade de se discutir as temáticas abordadas nos filmes, tornando a sétima arte em uma ferramenta de apoio ao trabalho pedagógico para os professores.

De acordo com a professora de Língua Portuguesa, Iolanda Nunes Silva, participar de projetos que estimulem o conhecimento cultural, é extremamente importante para o desenvolvimento dos estudantes. “É sempre bom proporcionar para os estudantes sair da escola e ampliar seus conhecimentos com esta ludicidade. Este momento é muito relevante para toda a escola. Buscamos sempre que nossos estudantes participem de novas experiências e adquiram mais conteúdo, principalmente entre aqueles para quem este tipo de lazer e conhecimento não são possibilitados, por questões financeiras e culturais”, afirma.

Também de olhos atentos estava Rana Carla Rebouças, 13, 8º, que adora ir ao cinema. “Gosto muito de passear e sempre que posso venho ao cinema. Os filmes nos ensinam muitas coisas, até a falar bem e a refletir sobre a vida”, afirma. Em outra sala do cinema, os estudantes do Colégio Estadual Professor Roberto Santos, que fica no bairro Castelo Branco, assistiam, concentrados, ao filme “Heavyssaurus – Dinossauros da Pesada”. Entre os alunos estava Camila Ariane Gonçalves, 13, 6º ano. “Estou gostando muito de participar deste momento com meus colegas. Dificilmente o cinema entra no orçamento das nossas famílias e a escola proporcionou isto para a gente. Estou agradecida e achando o filme muito legal”, pontua.

Seu colega, Vitor Gabriel Rodrigues, 12, também se divertiu. “É sempre bom quando a gente sai da rotina da escola. É muito boa a diversão, a experiência de conhecer outros lugares e aprender sobre novas coisas”, comemora.

Compartilhe: