Home / Destaque / Rui Costa defende mais responsabilidade dos políticos com o destino do país
Fotos: Manu Dias/ GOVBA

Rui Costa defende mais responsabilidade dos políticos com o destino do país

O governador Rui Costa, que participa, junto com os demais governadores do país, na próxima quinta-feira (30), de um encontro em Brasília com a presidente Dilma Roussef, afirmou, nesta terça-feira (28), que a pauta da reunião deve tratar, além do pacto federativo, da responsabilidade que os governadores, deputados, senadores e a própria presidente Dilma tem pelo destino do país.
“Quando o clima político se acirra e se começa a aprovar projetos com a intenção de desgastar o governo, ou na linha de quanto pior melhor, quem vai pagar um preço alto por isso é a população. Portanto, eu acho que a presidente Dilma acerta e acerta muito quando resolve chamar os governadores para que juntos possamos discutir os destinos do nosso País”, disse o governador.
Rui Costa Evento
Rui Costa defendeu, inclusive, uma agenda permanente, com a reunião acontecendo a cada período, com a eleição de temas relevantes para a população. “Por exemplo, segurança pública. Acho que a presidenta precisa se reunir com os governadores para discutir formas de inserção do governo federal no tema segurança pública”, ressaltou.
Na área da saúde, o governador Rui Costa defendeu a criação de novas fontes de financiamento. “O povo clama e tem urgência pela melhoria dos serviços de saúde. Então, juntos, governadores de todos os partidos políticos e a presidente, podemos ir construindo uma agenda para o Brasil e para o povo brasileiro”.  Já no que se refere ao financiamento dos estados, Rui disse ser necessário discutir formas e ações para melhorar a gestão no Brasil. “Hoje queremos acessar financiamentos e tem que ter autorização do governo federal”, lembrou.
As declarações foram dadas pelo governador durante assinatura do convênio de cooperação técnica para cessão de 174 bens móveis e 194 servidores do Derba, realizada na sede da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), na tarde de hoje.

 

 

Secom/BA

 

 

Compartilhe: