Home / Notícias / ‘Pulo do Gato’ prepara alunos da EJA para Exame Nacional de Certificação
Foto: Andre Carvalho/Ascom_Smed

‘Pulo do Gato’ prepara alunos da EJA para Exame Nacional de Certificação

Passar em um concurso público, cursar uma faculdade ou simplesmente dar um futuro melhor aos filhos. Esses são apenas alguns dos sonhos dos educandos que tentam concluir os estudos através da Educação de Jovens e Adultos (EJA), da Rede Municipal de Educação de Salvador. Para dar maior apoio e incentivo aos estudos desses alunos, a Secretaria Municipal de Educação (Smed), através de iniciativa da Gerência Regional de Educação (GRE) de Cajazeiras, implementou o projeto Pulo do Gato, um curso preparatório para as provas do Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos – Encceja 2018, prova gratuita realizada pelo Ministério da Educação (MEC) para quem busca uma certificação de conclusão do Ensino Médio ou do Ensino Fundamental.
De acordo com Marcelo Borges, coordenador pedagógico da GRE Cajazeiras e idealizador do projeto, a iniciativa surgiu na tentativa de incentivar os alunos a buscarem a devida certificação. “Em 2015, quando ainda estava na Escola Municipal Adauto Pereira de Souza como coordenador pedagógico à noite, percebi muitos alunos com desejo grande de fazer cursos e concursos, mesmo ainda sem concluir os estudos. Por isso, pensamos em orientar os alunos, mostrando que existe a possibilidade de adiantar as séries atrasadas através do bom desempenho no Encceja. E foi pensando nesse desempenho, criamos o Pulo do Gato, esse curso preparatório, como um suporte aliado às rotinas da EJA regular”, explica.
Este é o segundo ano do Pulo do Gato e, desta vez, qualquer pessoa pode participar, desde que estejam inscritos no Encceja. Além disso, na primeira edição, as aulas foram realizadas apenas em uma escola da GRE Cajazeiras. No entanto, pensando em facilitar o deslocamento dos alunos, este ano, as aulas foram distribuídas em três polos base: Valéria, Cajazeiras e Estrada Velha, nas escolas municipais da Palestina, Elysio Athaide e Novo Marotinho, respectivamente. É isso o que explica a gerente regional Adenildes Lima. “No primeiro ano, as aulas eram apenas aos sábados pela manhã, em apenas uma das escolas da região. Com essa mudança, sabemos que vamos facilitar ainda mais a vida desses alunos, já damos o material didático, mas sabemos que muitas vezes a falta de dinheiro para pegar um transporte pode ser determinante para esse aluno seguir em frente ou não”.
Além de um módulo com questões de língua portuguesa, redação, ciências, geografia, matemática e história, os estudantes também receberam na aula inaugural um DVD produzido pela coordenação pedagógica da GRE, com videos relacionados aos assuntos da prova. A dona de casa Joane Lucia Teles, de 57 anos, aponta que, com o Pulo do Gato, pretende acelerar os estudos para concluir logo o segundo grau. “Tenho oito netos, quatro filhos e uma bisneta. Como sou viúva, fico boa parte do meu tempo em casa. Então estou unindo o útil ao agradável, ocupando a mente, ao mesmo tempo concluindo meus estudos para dar um bom exemplo para minha família, principalmente aos que estão chegando agora”, salienta a aluna que cursa o 6º ano da EJA e que está entre os mais de 100 inscritos no projeto Pulo do Gato.
Gilmar Aguiar, de 35 anos, também está cursando o 6º ano da EJA. Ele precisou trabalhar cedo, já que constituiu família aos 18 anos de idade. Agora, pretende concluir o ensino médio para tentar aprovação em um concurso público. “Meu sonho é fazer um concurso e trabalhar em alguma área da Prefeitura ou do Governo. Tive que parar muito cedo de estudar porque precisava trabalhar e a correria era esta: de dar o de melhor para meus filhos e minha esposa”. Segundo ele, essa é uma grande oportunidade de chegar onde almeja. “Essa é uma grande chance de adiantar meu lado e eu vou mergulhar de cabeça no projeto Pulo do Gato, para eu conseguir chegar onde quero”, comemora.
Alan Muniz, subprefeito de Cajazeiras, ressalta que acompanha o projeto desde o início e que vê na iniciativa a possibilidade de fortalecimento do cidadão dentro da sua comunidade. “O Pulo do Gato é maior do que o conteúdo pedagógico. Existe uma questão social envolvida, e por isso se torna algo atrativo para o cidadão. Essas pessoas não querem ser vistas como semianalfabetas ou analfabetas entre os seus. É uma questão de valor, de cidadania, do pertencimento, já que muitas delas tiveram grandes dificuldades para se manter nos estudos”, pontua.
Irene Sobral tem 25 anos e dois filhos. Ela parou de estudar aos 14 anos, na 4ª série e agora cursa o 5º ano do ensino fundamental na EJA. “Meu objetivo é concluir meu ensino médio, fazer meu curso de direito e dar um futuro melhor para os meus filhos. Vou me dedicar a esse projeto, porque preciso acelerar meus estudos, já que precisei parar de trabalhar porque não tenho quem tome conta dos meninos. Então, estou estudando à noite justamente pensando no nosso futuro, para tentar melhorar a nossa vida”.
A aplicação de provas do Encceja Nacional será em 5 de agosto (domingo); no dia 3 (sexta-feira), a GRE Cajazeiras já organiza um aulão para preparar os estudantes para a avaliação. A divulgação dos resultados está prevista para o último trimestre de 2018. Mais informações estão disponíveis no portal.mec.gov.br.
Compartilhe: