Home / Mundo / ONG denuncia desaparecimentos forçados e detenções ilegais no Egito
Foto: Reprodução

ONG denuncia desaparecimentos forçados e detenções ilegais no Egito

A organização de defesa dos direitos humanos denunciou hoje (21) o desaparecimento e detenção “à margem da lei” de dezenas de pessoas no Egito. Em relatório, a Human Rights Watch (HRW) exigiu que as autoridades egípcias “divulgem o local onde estão os desaparecidos e que castiguem os responsáveis.”

A HRW reivindicou a libertação de todos os detidos sem acusação ou apresentação de provas de que cometeram delitos e que as normas internacionais sejam cumpridas.

Os desaparecimentos forçados constituem “uma violação grave do direito internacional e dos direitos humanos”, advertiu a organização não governamental, lembrando que a prática sistemática desse delito “constitui um crime contra a humanidade.”

A HRW pediu aos “aliados do Egito”, especialmente aos Estados Unidos e nações europeias, que não deem nenhum tipo de assistência às forças de segurança egípcias até que as autoridades “investiguem de forma transparente os graves abusos” cometidos.

“Aparentemente, as forças de segurança egípcias detiveram dezenas de pessoas sem nenhuma explicação,” lamentou Joe Stork, subdiretor da HRW para o Médio Oriente.

 

Agência Brasil

 

Compartilhe: