Home / Destaque / Mulheres podem realizar histeroscopia diagnóstica no Hospital Roberto Santos [19/02/2018]

Mulheres podem realizar histeroscopia diagnóstica no Hospital Roberto Santos [19/02/2018]

As mulheres que necessitam realizar histeroscopia diagnóstica já podem se dirigir ao ambulatório do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), no térreo do edifício anexo à unidade. O procedimento – que serve para investigar a presença de elementos estranhos no útero – está disponível para a população às quintas-feiras, pela manhã, na instituição.

Para fazer a histeroscopia diagnóstica, é preciso agendar a triagem na recepção do ambulatório, de segunda a sexta-feira, entre 7h e 17h. As pacientes devem levar os resultados do exame preventivo, da ultrassom transvaginal e dos seguintes exames laboratoriais: HIV 1 e 2, HTLV 1 e 2, AG HBS (hepatite B) e Anti-HCV (hepatite C). Os laudos não podem ser de data superior a seis meses.

Não é necessário estar em jejum para realizar o exame. Assim como qualquer procedimento na rede estadual de saúde, a marcação é feita com a apresentação do documento de identidade, cartão do SUS, comprovante de residência e encaminhamento médico.

Na histeroscopia diagnóstica, o ginecologista visualiza duas partes internas do sistema reprodutor feminino: o canal endocervical, que fica localizado no colo do útero, e a cavidade uterina, estrutura que abriga o endométrio. É feita para identificar, por exemplo, a presença de miomas, pólipos ou dispositivo intrauterino (DIU), além de fazer parte da lista de exames que antecedem fertilizações in vitro.

Compartilhe: