Home / Mundo / Morte de Jean Charles pela polícia londrina faz 10 anos e família pede justiça
Foto: Reprodução

Morte de Jean Charles pela polícia londrina faz 10 anos e família pede justiça

A família do brasileiro Jean Charles de Menezes, morto por engano pela polícia de Londres pouco depois dos atentados terroristas de julho de 2005, lembrou hoje (22) os dez anos da morte pedindo que os agentes envolvidos sejam julgados.

Os parentes de Jean Charles exigiram justiça em uma cerimônia na entrada da estação de metrô de Londres onde, há dez anos, o brasileiro foi confundido com um terrorista suicida e morto a tiros pela polícia.

Jean Charles foi baleado sete vezes na cabeça e uma no ombro na estação de Stockwell, em 22 de julho de 2005, duas semanas depois dos ataques de 7 de julho, quando quatro terroristas suicidas causaram a morte de 52 pessoas em vários pontos do metrô da capital londrina.

Os seus primos Vivian Figueiredo, Alessandro Pereira e Erinaldo da Silva, vestindo camisas pretas com a frase Justice for Jean (Justiça para Jean), colocaram flores, acenderam velas e fizeram um minuto de silêncio na frente do mosaico com a foto do brasileiro na entrada da estação.

 

Agência Brasil

Compartilhe: