Home / Redação TEC / Intel anuncia Core i9 com 6 cores e 12 threads para notebooks e que pode equipar próximo MacBook
Foto: Reprodução

Intel anuncia Core i9 com 6 cores e 12 threads para notebooks e que pode equipar próximo MacBook

Não é de hoje que circulam rumores a respeito da Apple estar trabalhando em um aprimoramento de sua linha MacBook, os quais passariam a utilizar CPUs próprias ao invés dos produzidos pela Intel. Nesta segunda-feira (02), porém, tais especulações perderam força com a publicação de um relatório da Bloomberg que sugere que a empresa da maçã continuará a usar os chipsets da multinacional de tecnologia.

E, para encerrar de vez o assunto, a própria Intel veio a público nesta terça-feira (03) para revelar o Core i9-8950HK, seu novo chipset voltado laptops de ponta e que é o principal candidato para equipar os novos MacBook Pro que sairão neste ano. O chipset trata-se de uma versão móvel do processador de desktop high-end da Intel, oferecendo seis núcleos e 12 threads.

Para efeito de comparação, atualmente o MacBook Pro de 15 polegadas tem um Core i7 de quatro núcleos. Além disso, o novo Core i9 também oferece uma frequência turbo máxima de de 5,6 GHz, contra os 4,1 GHz do MacBook Pro atual. Em seu anúncio, a Intel disse que o novo chipset é voltado para jogos e criação de conteúdo, o que inclui edição de vídeos 4K significativamente mais rápida.

Clique para ver a imagem em tamanho original

Em nota oficial, a fabricante detalhou o novo chip dizendo que ele “é baseado na plataforma Coffee Lake e alavanca a tecnologia de processo 14nm++, permitindo entregar até 41% mais quadros por segundos durante os gameplays, ou editar vídeos 4K até 59% mais rápido que a geração anterior”.

O recém-anunciado Core i9 também serve como uma resposta aos proprietários de MacBooks, cuja principal queixa era o suporte limitado a apenas 16 GB de RAM. Isso ocorre porque os processadores da geração atual dos laptops da Apple são limitados à RAM LPDDR3. Com o novo chipset isso muda e agora eles poderão contar com até 32 GB de RAM.

O anúncio feito pela Intel ainda sugere que o chipset é voltado para laptops de última geração com duas placas gráficas, o que faz surgir uma questão bastante intrigante: será que a Apple finalmente colocaria duas GPUs trabalhando lado a lado nos novos MacBook Pro 2018?

Compartilhe: