Home / Redação TEC / Gamer brasileiro é o que mais faz exercícios físicos, aponta pesquisa
Foto: Reprodução

Gamer brasileiro é o que mais faz exercícios físicos, aponta pesquisa

Em praticamente qualquer lugar do mundo, existe a ideia estereotipada de que gamers são pessoas isoladas, inativas e até preguiçosas. No entanto, pelo menos em relação aos brasileiros, parece que este cenário é consideravelmente diferente, segundo uma pesquisa realizada pela Dell.

O estudo foi feito em 11 países, com 5.763 jogadores, sendo 580 do Brasil. Segundo o levantamento, 46% das pessoas consultadas no país gostam de fazer atividades físicas regularmente, um resultado bem diferente da média mundial de 35%.

Além disso, o jogador brasileiro não é tão fechado quanto as pessoas imaginam. A pesquisa indica que 75% dos entrevistados gostam de escutar música, 67% gostam de viajar, 67%passam tempo com a família e 60% apreciam a companhia dos amigos.

Aliás, 37% dos participantes brasileiros disseram ter feito grandes amizades graças aos games, enquanto 32% acham que jogar é uma boa forma de se manter em contato com os amigos. Já 8% encontraram seus pares românticos nos jogos.

O brasileiro também é mais inclusivo. A habilidade do adversário ou dos parceiros é a questão mais importante para 51% dos jogadores, sendo que apenas 14% se importam com a raça, orientação sexual ou visão política dos colegas. No resto do mundo, esta média é de 21%.

Por fim, a cultura gamer tem início bem cedo no Brasil, com 53% começando a jogar antes dos 13 anos, um índice maior do que nos mercados mais tradicionais, como os EUA, onde 41%fazem parte desta faixa. Por outro lado, os norte-americanos passam muito mais tempo na frente da tela, de 10 a 19 horas por semana, enquanto os brasileiros têm uma média de 9 horas semanais.

Compartilhe: