Home / Esportes / Copa 2 de Julho reúne 40 clubes brasileiros na Bahia
Foto Mateus Pereira/GOVBA

Copa 2 de Julho reúne 40 clubes brasileiros na Bahia

A competição foi iniciada ontem quarta-feira (1º), continua até o dia 12 de julho e reúne 40 equipes.

O campeonato, em que os atletas se enfrentam em diversas regiões baianas, é uma oportunidade de crescimento profissional para os jovens e reforça a economia dos lugares que sediam os jogos. Além do Bahia e Vitória participam seleções de municípios do interior e times de outros estados, como o próprio Flamengo e o Atlético Mineiro.

Com 15 anos, Dimitri Souza, o camisa 10 do time tricolor, fez um gol de pênalti. Ele foi convocado, na segunda-feira (30 de junho), para jogar pela Seleção Brasileira Sub-16. “Comecei com 9 anos a jogar bola. Essa competição é uma vitrine, uma oportunidade de aprendizado e de adquirir experiência jogando contra as outras equipes”.

Espaço para jovens

Para Asdrúbal Souza, o pai do jogador, a competição é importante para a formação profissional do filho “Com quase sete anos no Bahia, ele já disputou vários campeonatos pelo Brasil e jogou na Europa, na Copa das Nações. A Copa 2 de Julho é um evento que preenche uma grande lacuna. O governo está trabalhando certo para abrir espaço para muito mais jovens”, disse.

O treinador do Flamengo, Ramon Lima, afirma que os campeonatos para os atletas Sub-15 são escassos. “Para essa categoria são poucas oportunidades. É um calendário muito vazio. Temos um campeonato em São Paulo, outro em Laranjal e agora a Copa 2 de Julho. O Brasil precisa de mais campeonatos como esse para que os meninos subam para o juvenil em melhor condição. A estrutura na Bahia é de primeira linha. [É] tudo muito bom”.

 

Secom/BA

Compartilhe: