Home / Política / Cardozo afirma à CPI que Dilma e Lewandowski não conversaram sobre a Lava Jato
Foto: Reprodução

Cardozo afirma à CPI que Dilma e Lewandowski não conversaram sobre a Lava Jato

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo rebateu hoje (15) as críticas da oposição de que a presidenta Dilma Rousseff teve um “encontro secreto” com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, no dia 7, em Portugal, durante escala da viagem para Ufá, na Rússia, onde, nos dias seguintes, Dilma participou da VII Cúpula dos Brics, grupo de países emergentes que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Segundo o Ministério da Justiça, José Eduardo Cardozo foi procurado por Lewandowski para que intermediasse um encontro com Dilma Rousseff em Portugal, para discutir o projeto que reajusta em até 78% os salários dos servidores do Judiciário. O texto foi aprovado na semana passada pelo Congresso Nacional.

Em depoimento à CPI da Petrobras, Cardozo informou que o encontro não constou de sua agenda oficial, “porque a agenda publicada era a do secretário-executivo, que estava me substituindo à época”. Cardozo e Lewandowski estavam em Coimbra para reuniões com juristas portugueses. Também participaram do encontro os ministros Teori Zavascki e Marco Aurélio Mello, do STF.

 

Agência Brasil

Compartilhe: