Home / Destaque / Campus Party é iniciada com expectativa de atrair 90 mil pessoas [17/05/2018]
Foto: Reprodução

Campus Party é iniciada com expectativa de atrair 90 mil pessoas [17/05/2018]

Está aberta oficialmente a segunda edição da Campus Party Bahia, principal evento de tecnologia, inovação, criatividade e cultura digital do mundo. Desta quinta-feira (17) a domingo (20), a Arena Fonte Nova receberá mais de cinco mil campuseiros, visitantes de diversos cantos do país, com mais de 300 horas de conteúdo, entre palestras e workshops com renomados profissionais brasileiros e internacionais. O evento ainda oferece internet de alta performance para os participantes.
“Preparamos um evento especial para receber a todos. Queremos colocar a Bahia dentro do mapa digital do mundo e dar oportunidade para diversos jovens poderem entrar em contato com os melhores palestrantes do mundo. No passado saiam daqui caravanas de pessoas para participar da Campus de São Paulo e isso exige tempo e dinheiro. A Campus realizada aqui aumenta o potencial para tecnologia e inovação do estado”, destacou o presidente do Instituto Campus Party, Francesco Faruggia, na abertura do evento.
A Arena da Campus Party Bahia possui quatro palcos (Feel the Future, Creativity/Games, STEAM e Coders/Makers), onde os palestrantes irão debater temas e tendências da atualidade. Uma das novidades deste ano é a extensão do funcionamento da área gratuita do evento, a Open Campus, que reúne startups, atividades com drones e simuladores, maratona de hackers, além de espaço voltado para o estímulo à educação.
A expectativa é que cerca de 90 mil pessoas visitem a Campus Party nos quatro dias de evento. O acesso ao espaço ocorre das 10h ‪às 20h, entre os dias 17 a ‪19, e das 10h ‪às 15h, no dia ‪20. Para o estudante Caio Silveira, 17 anos, o espaço aberto ao público “é onde as melhores trocas de ideias acontecem. Eu participei do evento no ano passado e não podia ficar de fora agora em 2018. Para quem tem paixão por tecnologia, é um momento de ficar por dentro do que acontece de mais avançado no resto do mundo, de aprender e compartilhar o que sabemos”.
Inclusão
Com apoio do Governo do Estado, a Campus chega à Bahia pela segunda vez. Atividades promovidas pelas secretarias estaduais de Educação, de Políticas Para Mulheres (SPM) e Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) apresentam o tema ‘inovação produtiva e inclusão social’. “Queremos falar sobre inovação e tecnologia de uma maneira que abrace a todos e nos dê ferramentas para melhorar a vida das pessoas, inclusive daqueles que vivem nas periferias e fora dos grandes centros urbanos”, afirmou o titular da Secti, Rodrigo Hita.
Para a secretária da SPM, Julita Palmeira, “a Campus tem o potencial de debater e pensar politicas estruturantes para impulsar a participação das mulheres na área das ciências exatas e da tecnologia e nas profissões do futuro. A tecnologia é uma ferramenta importante que pode ser utilizada para auxiliar o combate aos preconceitos”.
Hackathons
A Secretaria de Cultura do Estado (Secult) integra a programação dos hackathons, maratonas hackers que reúnem programadores, designers e interessados, em buscar soluções digitais para os desafios apresentados. Com o tema ‘Rede de Serviços Culturais’, a maratona da Secult deve durar 24 horas.
As equipes precisam propor soluções para um ou mais problemas ligados ao setor cultural, com enfoque na economia criativa como propulsora do desenvolvimento econômico e social. O desafio a ser lançado propõe a construção de plataformas, sistemas, aplicativos ou até mesmo games para dinamizar a cadeia produtiva da cultura em todo o estado.
Novidades
O Instituto Federal da Bahia (Ifba) e a Secti promovem a Arena RobotiCampus, com competições e mostras de trabalhos na área de robótica e tecnologia assistiva, na área aberta ao público e gratuita. As modalidades escolhidas para a competição são Robô ao Resgate, Follow Lina (Júnior e Pro) e Sumô (Lego, Mini e 3kg). As mostras acontecem simultaneamente às competições.
Outra novidade é o 1º Fórum Brasileiro de Startups, que vai discutir os caminhos para aumentar a maturidade dos ecossistemas de inovação e empreendedorismo, podendo contribuir para o sucesso das startups. E se a discussão envolve empreendedorismo, envolve o SAC Empresarial, órgão ligado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), que está presente no stand do Governo do Estado, das 8h às 18h, oferecendo serviço de orientação empresarial sobre registro e legalização de empresas.
Quem visitar a área aberta do evento pode conhecer também as diversas atividades desenvolvidas nos Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC) em toda a Bahia. Além disso, estudantes do Centro Estadual de Educação Profissional (Cetep) Empreende Bahia, localizado no bairro de Água de Meninos, em Salvador, irão apresentar os projetos ‘Mostra de Vídeos: Tecnologia e Empreendimento’ e ‘4P´s: Marketing Ideias Criativas e Inovadoras’. A programação completa pode ser conferida no site do evento.
Compartilhe: